Sunday, 8 July 2012

'Pensão da Dona Stela' 1956




cartaz de 'A Pensão da dona Stela', filmado pela Maristela em 1956, tendo Randal Juliano como galã e Liana Duval como a 'gostosa'.



Maria Vidal é a dona Stela... viúva.


A história mostra as trapaças de Nhonhô [Jayme Costa] e dona Stela [Maria Vidal], numa pensão, à beira da falência, onde desfilam os mais diferentes personagens: uma mulher solitária que escreve cartas para si mesma, um vigarista monarquista que acaba aderindo ao republicanismo [Adoniran Barbosa], um conjunto musical [Os Modernistas], um médico desempregado [Randal Juliano], um jogador de futebol e duas cantoras de rádio; a primeira, filha da dona [Liana Duval] se torna 'Rainha do Samba' e a segunda, a faxineira da pensão torna-se 'Rainha dos Auditórios' - além de sonhar em ser Alda Perdigão, que aparece cantando 'Os pobres de Paris'. No final a pensão consegue sobreviver com os 200 mil cruzeiros ganhos pela faxineira, que se torna sócia da pensão.


Jayme Costa é o Nhonhô, mistura de vigarista e ocioso... aí com Zazá [Lola Brah], que tb. estava procurando 'vida fácil'.


Randal Juliano e Liana Duval é o par romântico. Ele médico desempregado e ela cantora do radio frustrada.


a faxineira que se torna cantora e vence o concurso 'Rainha dos Auditórios'... aqui canta 'Piu piu'.


Zuza, o filho de dona Stela consegue jogar na Seleção e marcar gol contra a Argentina.


Quase tudo arrumado no final: Nonhô casa-se [secretamente] com d. Stella... o médico desempregado [Randal Juliano] fica com a filha de dona Stela; Siqueira, o monarquista vira republicano e casa-se com sua irmã-de-araque Zazá... a mulher que escrevia cartas para si própria fica com o carteiro... e a faxineira se torna cantora de rádio.


a filha de dona Stella [Liana Duval]... o radio não funciona no dia do jogo do Brasil com a participação do Zuza.

A Pensão de Dona Estela - 1956

Jayme Costa  [Nhonhô]
Maria Vidal  [dona Stela]
Liana Duval [filha da dona Stela]
Lola Brah  [Zazá, vigarista]
Adoniran Barbosa  [Siqueira, vigarista monarquista]
Randal Juliano  [médico desempregado]
Carlos Araújo
Ayres Campos  [massagista]
Márcia Vasconcelos
Os Modernistas [acompanham Liana Duval e a faxineira]



Carmélia Alves  [canta um baião na boite]
Jimmy Lester
Alda Perdigão [canta 'Pobres de Paris']
Jane Batista
Walter Ribeiro dos Santos
Ricardo Bandeira
Eva Bosch
Osmano Cardoso
Zulma Maria
Jambura e Sua Escola de Samba


estréia:  12 Fevereiro 1956.
95 min.
distribuição: Columbia Pictures do Brasil
direção: Alfredo Palácios e Ferenc Fekete
roteiro: Alfredo Palácios
produção: Cinebrás Filmes, Andras Kalman, Alfredo Palácios e Cinematográfica Maristela
música: Vicente de Lima
Iluminação: Ferenc Fekete
fotografia: Ferenc Fekete
desenho de produção: Carlos Giacheri
edição: João de Alencar e José Cañizares



No comments:

Post a Comment